Destaques

Acompanhe notícias, artigos e outras informações relacionadas à Fundepar

Conquistas em 2016 e perspectivas para 2017

Conquistas em 2016 e perspectivas para 2017



A Fundepar nasceu com a missão de identificar, investir e desenvolver negócios inovadores, emergentes de origem acadêmica, e com alto potencial de crescimento. A expectativa de desenvolvimento para este ano era grande e estamos muito felizes por termos cumprido nossos propósitos de forma positiva.

Compartilhamos alguns resultados alcançados e destacamos as perspectivas para 2017.

Lemonade

Este foi o ano da consolidação do Programa de Pré-aceleração Lemonade como uma ferramenta de apoio e fomento ao ecossistema de inovação, que integrou estudantes, empreendedores, financiadores e parceiros por onde passou. Iniciamos o ano em Belo Horizonte, seguimos para Uberlândia, Uberaba e Patos de Minas – locais onde fomos muito bem recebidos – e encerramos o ano de volta à BH para uma edição executada no BHTec (Parque Tecnológico de Belo Horizonte). Foram cinco edições do Programa, sempre realizadas em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (SEDECTES), por meio do SIMI, Sebrae-MG e Fapemig.

Ao longo dos últimos 18 meses, 148 startups foram pré-aceleradas, envolvendo mais de 560 empreendedores. Essas startups já captaram quase 2 milhões de reais em investimentos privados. Clique aqui e veja o retrospecto do Programa.

Empresas investidas e parcerias

2016 também foi positivo para a nossa primeira empresa investida, a Myleus Biotecnologia. Pioneira no Brasil com sua atuação em análises genéticas para certificação de autenticidade de produtos de origem animal e vegetal, a Myleus recebeu um novo aporte financeiro, desta vez realizado pelo Fundo Primatec, gerido pela Antera Gestão de Recursos. O aporte permitirá a expansão da carteira de clientes tanto no Brasil quanto no exterior. Confira mais detalhes dessa operação.

Outra investida, a Kunumi, empresa de destaque no cenário nacional em Inteligência Artificial, continua crescendo e se fortalecendo junto a seus clientes. O negócio da Kunumi chamou a atenção também de outros parceiros e grupos de investidores, além da Fundepar. Um dos destaques do empreendimento foi a criação da primeira música de rap criada com o uso da Inteligência Artificial: a partir da análise de letras e manuscritos deixados pelo artista Sabotage, morto em 2003, a tecnologia simulou versos que o rapper poderia ter escrito. Veja como foi.

Ressaltamos, também, o trabalho da nossa investida Detechta Biotecnologia, que realiza pesquisa e desenvolvimento para a indústria de vacina e de diagnóstico para o mercado veterinário e humano.

No segundo semestre, o portfólio da Fundepar aumentou, com a realização do investimento na Logpyx, empresa que apresenta modernas tecnologias de Internet das Coisas e Inteligência Computacional para ampliar a produtividade do setor de transporte de cargas; e do investimento na LinCare, desenvolvedora de uma plataforma direcionada ao acompanhamento de idosos, composta por uma pulseira inteligente que registra dados vitais do usuário (como frequência dos batimentos cardíacos), demonstra situações de queda, oferece um geolocalizador e, ainda, conta com um botão para emergência.

Encerramos 2016 com essas cinco empresas investidas no estágio seed money, além da opção de investimento em 60 outras startups que estão sendo acompanhadas periodicamente.

Diversas parcerias também foram realizadas neste ano. Destacamos o Desafio Senai-Fundepar. Confira mais detalhes.

Novidades

Para 2017, já está programada a realização de quatro novas edições do Lemonade. Pela primeira vez, o programa será executado fora de Minas Gerais: vamos à Brasília conhecer ideias inovadoras que podem virar bons negócios.

Entre os objetivos da Fundepar, confirmamos a intenção de ampliar o portfólio, realizando, pelo menos, mais seis investimentos em empresas no estágio seed money.

E a grande novidade: esperamos lançar, ainda no primeiro semestre de 2017, o Fundo Seed4Science, com capital comprometido de 30 milhões de reais, em parceria com o BDMG, para investimento em empresas de origem acadêmica.

As perspectivas são ótimas!

Deixamos um agradecimento especial aos nossos investidores Fundep e Fapemig, e a todos os parceiros que apoiam as nossas atividades.

A equipe Fundepar deseja a todos um excelente 2017!

Mapa do site